BEM-VINDO AO URÂNIA FULLDOME

Fornecedor das melhores soluções para planetários do Brasil

Deixe seu WhatsApp abaixo e logo entraremos em contato!

Assista à apresentação de nossos produtos

Como Escolher Um Projetor Fulldome?

Leia o artigo abaixo e aprenda porque números altos de contraste nem sempre te levam ao resultado que você espera

22 ago
Educação

Com a crescente disponibilidade de tecnologia de ponta aliada à explosão de conteúdo de qualidade nos últimos anos, o mercado de eletrônicos de consumo viu um aumento correspondente no grupo de compradores sofisticados. Com o conhecimento obtido de uma ampla variedade de fontes, esses consumidores mostraram um olhar perspicaz ao escolher sua próxima compra. Para alguns, porém, isso levou a um foco único nas especificações do produto e nos números usados ​​para expressá-las. No mercado de projetores, e também de Planetários, um número que muitos consumidores têm cada vez mais se apegado é a taxa de contraste. A base para esse fascínio pelo contraste é a ideia de que quanto maior a taxa de contraste, mais precisas serão as imagens do projetor, permitindo que os espectadores vejam mais detalhes na imagem projetada.

Contraste Full ON/Full Off (FOFO) e Contraste ANSI

Antes de entrar no debate sobre a adequação da taxa de contraste, devemos primeiro ajudar a definir os dois tipos de taxas de contraste consideradas relevantes para projetores: contraste Full-On e Full-Off (FOFO) e contraste ANSI.

Taxa de Contraste Full ON/Full Off (FOFO)

O contraste FOFO é simplesmente a relação entre o brilho de uma imagem refletida em branco sólido de um projetor e o brilho de uma imagem refletida em preto sólido do mesmo projetor. Por exemplo, um projetor com taxa de contraste FOFO de 2.000:1 significa que a imagem em branco sólido é 2.000 vezes mais brilhante que a imagem em preto sólido.

Contraste ANSI

O contraste ANSI mede o contraste de uma maneira diferente, ele usa um padrão quadriculado de oito quadrados brancos e oito pretos e mede a relação entre o brilho médio dos quadrados brancos e o brilho médio dos quadrados pretos. O princípio por trás do contraste ANSI é que o público quase nunca visualiza imagens em preto sólido ou branco sólido (como nas imagens usadas para medir o contraste FOFO); em vez disso, eles visualizam imagens com inúmeras gradações de brilho no quadro. Em tais circunstâncias, a luz das seções mais claras da imagem sem dúvida se mistura e combina com as seções escuras da imagem. O contraste ANSI, portanto, tenta expressar essa realidade com o uso simultâneo de caixas brancas e pretas.

Por que alguns fabricantes de projetores listam 1.500.000:1 enquanto outros dizem 3.000:1?

E se disséssemos que um projetor com uma proporção anunciada de 3.000 : 1 tem melhor contraste do que o projetor com uma proporção listada de 1.500.000 : 1? Você provavelmente diria algo como: “Isso não faz sentido 1.500.000 é 500 vezes maior que 3.000. Como o projetor com menor taxa de contraste poderia ser melhor?”

Enquanto ambos estão usando medições Full on/ Full off, o fabricante com o maior número está usando o contraste dinâmico, enquanto o fabricante com o menor número está usando o contraste nativo.

O contraste dinâmico é uma proporção muito exagerada que de forma alguma reflete a aparência da imagem quando você assiste ao conteúdo real. O contraste nativo, por outro lado, é uma medida muito mais útil e realista, mais próxima do que você experimentaria.

Normalmente, quando um fabricante anuncia o contraste nativo, é uma sutil exibição mostrando o quão bom seria o contraste quando você o usasse. É por isso que em um projetor com contraste incrível como o JVC NZ7 você verá uma taxa de contraste anunciada de 40.000:1. Para se ter uma ideia de como isso é insano, um projetor de home theater com contraste de 3.000:1 é considerado muito bom.

Em termos de números reais, as taxas de contraste FOFO para projetores tendem a flutuar em torno de milhares para um, enquanto as taxas de contraste ANSI tendem a estar na casa das centenas para um. Dada a tendência do consumidor médio de equiparar números mais altos a “melhores”, a maioria das marcas favorece o uso da taxa de contraste FOFO em suas especificações.

As taxas de alto contraste são enganosas?

Por causa das pressões do mercado descritas no parágrafo de abertura, as marcas sentiram cada vez mais a necessidade de buscar especificações mais atraentes para seus projetores. Como resultado, muitas marcas usam taxas de contraste dinâmicas para promover seus projetores, porque esses números tendem a ser drasticamente maiores do que as taxas de contraste FOFO nativas e taxas de contraste ANSI. Mas, novamente, essas taxas são enganosas no sentido de que, em uma configuração normal, o consumidor médio provavelmente não usará os recursos nos quais os números da taxa de contraste dinâmico são construídos enquanto assiste a vídeos com seu projetor.

Tendo em mente tudo o que foi descrito acima, qual é a taxa de contraste ideal para se esperar em um projetor?

Nossa resposta a esta pergunta não é tão simples, sugerimos que você não fique preso nas especificações. Para projetores, as taxas de contraste contam apenas um lado da história e o que ela conta pode não ser totalmente preciso. Para produzir o tipo de imagens nítidas que os consumidores experientes procuram, um projetor não só precisa ter um bom contraste, mas também precisa complementar esse contraste com desempenho de cor e brilho ideal. O foco apenas na taxa de contraste é uma aposta unidimensional. Apenas os projetores que foram calibrados profissionalmente para reproduzir com autenticidade todo o espectro de cores podem atingir o detalhamento necessário para proporcionar ao espectador uma experiência visual completa.

Opinião Urânia Planetário

Para não ficarmos sem entregar nossa opinião. Indicamos analisar apenas as taxas de contraste FOFO ou ANSI. Como atualmente as fabricantes praticamente retiraram os dados de taxas ANSI de suas especificações técnicas, a melhor opção de análise seria a Taxa de contraste FOFO. Ainda assim fique atento para analisar os dados de marcas renomadas, com alto nível de satisfação de seus clientes, pois mesmo com todos os cuidados, estes números podem ser inflados!

Referência

05 jul
Projetores

Em um planetário, a imersão do público em um universo de estrelas e galáxias depende de diversos fatores, e um dos mais cruciais é a qualidade da projeção. Essa qualidade, por sua vez, está diretamente ligada ao dimensionamento correto do número de lumens do projetor fulldome em relação ao tamanho do domo.

Lumens: A Unidade da Iluminação

Os lumens (lm) medem a quantidade total de luz emitida por um projetor. Quanto maior o número de lumens, mais brilhante será a projeção. No entanto, mais lumens não significa necessariamente melhor qualidade de imagem.

O Equilíbrio Perfeito: Lumens e Tamanho do Domo

Em um planetário, o excesso de lumens pode resultar em imagens estouradas, cores saturadas e brilho excessivo, causando desconforto visual e prejudicando a experiência do público. Por outro lado, poucos lumens podem gerar imagens escuras e sem definição, dificultando a visualização dos detalhes e diminuindo o impacto da projeção.

Encontrar o equilíbrio ideal entre lumens e tamanho do domo é fundamental para garantir uma experiência imersiva e agradável para o público. Para isso, é preciso considerar diversos fatores, como:

  • Diâmetro do domo: Quanto maior o domo, mais lumens serão necessários para iluminá-lo uniformemente.
  • Distância entre o projetor e o domo: Projetores instalados a maiores distâncias do domo exigem mais lumens.
  • Tipo de superfície do domo: Domos brancos refletem mais luz, enquanto domos escuros exigem mais lumens.
  • Conteúdo da projeção: Imagens mais claras e coloridas exigem mais lumens do que imagens escuras ou monocromáticas.

A Urânia Soluções para Planetários: Expertise para a Escolha Ideal

Com mais de 9 anos de experiência no mercado de projeção fulldome para planetários, a Urânia Soluções para Planetários possui a expertise necessária para auxiliar na escolha do projetor ideal para o seu caso.
Nossa equipe de especialistas qualificados irá analisar as suas necessidades específicas, considerando todos os fatores mencionados anteriormente, e recomendar o projetor com o número ideal de lumens para garantir a melhor experiência de projeção para o seu público.

Além disso, a Urânia Soluções para Planetários oferece:

  • Assessoria completa: Desde a escolha do projetor ideal até a instalação e configuração do sistema.
    Produtos de alta qualidade: Melhores Projetores fulldome do mercado. Parceria forte com uma das mais renomadas marcas do mundo.
  • Suporte técnico especializado: Uma equipe de profissionais experientes à disposição para auxiliá-lo em qualquer dúvida ou problema.

Conclusão: A Luz que Transforma a Experiência com a Urânia Soluções para Planetários

Ao escolher a Urânia Soluções para Planetários como parceira, você garante que o seu planetário contará com um sistema de projeção fulldome de alta qualidade, proporcionando ao público uma experiência imersiva, inesquecível e educativa. A luz se torna, assim, um elemento crucial para transportar os visitantes a um universo de descobertas e aprendizados, despertando a fascinação pela astronomia e pelo cosmos.

Entre em contato conosco hoje mesmo e saiba mais sobre como a Urânia Soluções para Planetários pode ajudá-lo a escolher o projetor ideal para o seu planetário.

05 jul
Tecnologia

O software Shira Universe se destaca como uma ferramenta poderosa e versátil para planetários, proporcionando uma experiência imersiva, educativa e inspiradora para o público.

Suporte Técnico Especializado e Ferramentas Interativas

Entre suas principais vantagens, podemos destacar:

1. Realismo e Fidelidade Científica

  • Simulações Celestes Precizas: O Shira Universe oferece simulações celestes de alta fidelidade, baseadas em dados científicos atualizados, permitindo que os visitantes explorem o universo com realismo e precisão.
  • Modelagem Detalhada de Objetos Celestes: Planetas, estrelas, galáxias e outros objetos celestes são representados com detalhes impressionantes, proporcionando uma visão imersiva do cosmos.
  • Efeitos Visuais Imersivos: O software utiliza efeitos visuais realistas, como nebulosas, poeira espacial e flares solares, para transportar o público para dentro do universo.

2. Conteúdo Educativo e Inspirador

  • Biblioteca Extensa de Conteúdo: O Shira Universe oferece uma vasta biblioteca de conteúdo educacional, incluindo shows, apresentações e atividades interativas, que abrangem diversos temas da astronomia.
  • Personalização de Conteúdo: O software permite a criação de conteúdo personalizado, adaptado às necessidades e interesses específicos do público.
  • Ferramentas para Interação e Aprendizagem: O Shira Universe oferece ferramentas interativas que permitem que os visitantes explorem o universo de forma autônoma, aprofundando seu conhecimento e aprendizado.

3. Versatilidade e Flexibilidade

  • Compatível com Diversos Sistemas: O software Shira Universe é compatível com diversos sistemas de projeção, incluindo projetores fulldome, projetores digitais e projetores de vídeo tradicionais.
  • Integração com Outros Sistemas: O software pode ser integrado a outros sistemas de planetário, como sistemas de controle de cúpula e sistemas de som, para uma experiência completa.
  • Fácil de Usar e Personalizar: O Shira Universe possui uma interface amigável e intuitiva, permitindo que operadores de planetários de todos os níveis de experiência o utilizem com facilidade.

4. Experiência Imersiva e Envolvente

  • Projeção Fulldome: O software permite a criação de projeções fulldome imersivas, que envolvem o público em uma experiência sensorial única.
  • Efeitos de Som Realistas: O Shira Universe oferece efeitos de som realistas que complementam as projeções visuais, criando uma atmosfera envolvente e emocionante.
  • Controle de Iluminação: O software permite o controle da iluminação do domo, otimizando a experiência visual e criando diferentes efeitos atmosféricos.

5. Ferramenta para Pesquisa e Divulgação Científica

  • Visualização de Dados Científicos: O Shira Universe pode ser utilizado para visualizar dados científicos de forma imersiva e engaging, facilitando a compreensão de complexos conceitos astronômicos.
  • Ferramenta para Pesquisadores: O software pode ser utilizado por pesquisadores para realizar simulações e visualizações de seus dados, auxiliando na investigação e descoberta científica.
  • Divulgação da Astronomia: O Shira Universe é uma ferramenta poderosa para divulgar a astronomia para o público em geral, despertando a fascinação pela ciência e pelo universo.

6. Suporte Técnico Especializado

  • Equipe Experiente e Dedicada: A equipe da Shira Universe oferece suporte técnico especializado para auxiliar os usuários na instalação, configuração e utilização do software.
  • Atendimento Personalizado: O suporte técnico da Shira Universe é personalizado para atender às necessidades específicas de cada cliente.
  • Soluções Rápidas e Eficazes: A equipe da Shira Universe se compromete a fornecer soluções rápidas e eficazes para qualquer problema que os usuários possam enfrentar.

7. Ferramentas Interativas

  • Ferramenta Interativa de Tablet: O Shira Universe oferece uma ferramenta interativa de tablet que permite que os visitantes explorem o universo de forma autônoma, acessando informações sobre diversos objetos celestes e realizando atividades interativas.
  • Joystick: O software também oferece suporte para joystick, permitindo que os visitantes controlem a navegação no universo de forma mais intuitiva e divertida.

Conclusão

O software Shira Universe, com seus recursos imersivos, conteúdo extenso, versatilidade, suporte técnico especializado e ferramentas interativas, se destaca como uma escolha ideal para planetários que buscam oferecer uma experiência completa e enriquecedora para o público. Através do Shira Universe, planetários podem se tornar centros de conhecimento, inspiração e descoberta, promovendo a educação científica e despertando a fascinação pela astronomia em pessoas de todas as idades.

22 ago
Educação

Com a crescente disponibilidade de tecnologia de ponta aliada à explosão de conteúdo de qualidade nos últimos anos, o mercado de eletrônicos de consumo viu um aumento correspondente no grupo de compradores sofisticados. Com o conhecimento obtido de uma ampla variedade de fontes, esses consumidores mostraram um olhar perspicaz ao escolher sua próxima compra. Para alguns, porém, isso levou a um foco único nas especificações do produto e nos números usados ​​para expressá-las. No mercado de projetores, e também de Planetários, um número que muitos consumidores têm cada vez mais se apegado é a taxa de contraste. A base para esse fascínio pelo contraste é a ideia de que quanto maior a taxa de contraste, mais precisas serão as imagens do projetor, permitindo que os espectadores vejam mais detalhes na imagem projetada.

Contraste Full ON/Full Off (FOFO) e Contraste ANSI

Antes de entrar no debate sobre a adequação da taxa de contraste, devemos primeiro ajudar a definir os dois tipos de taxas de contraste consideradas relevantes para projetores: contraste Full-On e Full-Off (FOFO) e contraste ANSI.

Taxa de Contraste Full ON/Full Off (FOFO)

O contraste FOFO é simplesmente a relação entre o brilho de uma imagem refletida em branco sólido de um projetor e o brilho de uma imagem refletida em preto sólido do mesmo projetor. Por exemplo, um projetor com taxa de contraste FOFO de 2.000:1 significa que a imagem em branco sólido é 2.000 vezes mais brilhante que a imagem em preto sólido.

Contraste ANSI

O contraste ANSI mede o contraste de uma maneira diferente, ele usa um padrão quadriculado de oito quadrados brancos e oito pretos e mede a relação entre o brilho médio dos quadrados brancos e o brilho médio dos quadrados pretos. O princípio por trás do contraste ANSI é que o público quase nunca visualiza imagens em preto sólido ou branco sólido (como nas imagens usadas para medir o contraste FOFO); em vez disso, eles visualizam imagens com inúmeras gradações de brilho no quadro. Em tais circunstâncias, a luz das seções mais claras da imagem sem dúvida se mistura e combina com as seções escuras da imagem. O contraste ANSI, portanto, tenta expressar essa realidade com o uso simultâneo de caixas brancas e pretas.

Por que alguns fabricantes de projetores listam 1.500.000:1 enquanto outros dizem 3.000:1?

E se disséssemos que um projetor com uma proporção anunciada de 3.000 : 1 tem melhor contraste do que o projetor com uma proporção listada de 1.500.000 : 1? Você provavelmente diria algo como: “Isso não faz sentido 1.500.000 é 500 vezes maior que 3.000. Como o projetor com menor taxa de contraste poderia ser melhor?”

Enquanto ambos estão usando medições Full on/ Full off, o fabricante com o maior número está usando o contraste dinâmico, enquanto o fabricante com o menor número está usando o contraste nativo.

O contraste dinâmico é uma proporção muito exagerada que de forma alguma reflete a aparência da imagem quando você assiste ao conteúdo real. O contraste nativo, por outro lado, é uma medida muito mais útil e realista, mais próxima do que você experimentaria.

Normalmente, quando um fabricante anuncia o contraste nativo, é uma sutil exibição mostrando o quão bom seria o contraste quando você o usasse. É por isso que em um projetor com contraste incrível como o JVC NZ7 você verá uma taxa de contraste anunciada de 40.000:1. Para se ter uma ideia de como isso é insano, um projetor de home theater com contraste de 3.000:1 é considerado muito bom.

Em termos de números reais, as taxas de contraste FOFO para projetores tendem a flutuar em torno de milhares para um, enquanto as taxas de contraste ANSI tendem a estar na casa das centenas para um. Dada a tendência do consumidor médio de equiparar números mais altos a “melhores”, a maioria das marcas favorece o uso da taxa de contraste FOFO em suas especificações.

As taxas de alto contraste são enganosas?

Por causa das pressões do mercado descritas no parágrafo de abertura, as marcas sentiram cada vez mais a necessidade de buscar especificações mais atraentes para seus projetores. Como resultado, muitas marcas usam taxas de contraste dinâmicas para promover seus projetores, porque esses números tendem a ser drasticamente maiores do que as taxas de contraste FOFO nativas e taxas de contraste ANSI. Mas, novamente, essas taxas são enganosas no sentido de que, em uma configuração normal, o consumidor médio provavelmente não usará os recursos nos quais os números da taxa de contraste dinâmico são construídos enquanto assiste a vídeos com seu projetor.

Tendo em mente tudo o que foi descrito acima, qual é a taxa de contraste ideal para se esperar em um projetor?

Nossa resposta a esta pergunta não é tão simples, sugerimos que você não fique preso nas especificações. Para projetores, as taxas de contraste contam apenas um lado da história e o que ela conta pode não ser totalmente preciso. Para produzir o tipo de imagens nítidas que os consumidores experientes procuram, um projetor não só precisa ter um bom contraste, mas também precisa complementar esse contraste com desempenho de cor e brilho ideal. O foco apenas na taxa de contraste é uma aposta unidimensional. Apenas os projetores que foram calibrados profissionalmente para reproduzir com autenticidade todo o espectro de cores podem atingir o detalhamento necessário para proporcionar ao espectador uma experiência visual completa.

Opinião Urânia Planetário

Para não ficarmos sem entregar nossa opinião. Indicamos analisar apenas as taxas de contraste FOFO ou ANSI. Como atualmente as fabricantes praticamente retiraram os dados de taxas ANSI de suas especificações técnicas, a melhor opção de análise seria a Taxa de contraste FOFO. Ainda assim fique atento para analisar os dados de marcas renomadas, com alto nível de satisfação de seus clientes, pois mesmo com todos os cuidados, estes números podem ser inflados!

Referência

Confira os melhores modelos existentes abaixo

NOSSO SUPER CATÁLOGO

PROJETORES FIXOS

São projetados para instalações permanentes em planetários e centros de ciência

Com tecnologia avançada de projeção, eles proporcionam imagens nítidas e imersivas, enriquecendo a experiência educacional e de entretenimento dos visitantes

PROJETORES MÓVEIS

Nossos projetores móveis oferecem flexibilidade e portabilidade para exibições fulldome em qualquer lugar

Leves e fáceis de transportar, esses equipamentos são ideais para eventos itinerantes, mostras temporárias e aplicações em locais sem infraestrutura fixa

DOMOS

Feitos com materiais de alta qualidade, oferecem uma superfície ideal para a projeção imersiva

Com tamanhos e configurações personalizáveis, os domes da Urânia permitem criar ambientes cativantes para uma ampla variedade de aplicações

Confira os vídeos de alguns de nossos clientes

Nossos objetivos

Sobre Nós

Nossos objetivos são difundir a fascinante ciência astronômica entre os jovens, despertando sua curiosidade e estimulando seu interesse pelos estudos.

Além disso, buscamos proporcionar entretenimento por meio de um espetáculo audiovisual envolvente, oferecendo uma experiência imersiva e inesquecível.

Artigos Informativos

Confira nossos artigos sobre Projetores Fulldome

05 jul
Projetores

Em um planetário, a imersão do público em um universo de estrelas e galáxias depende de diversos fatores, e um dos mais cruciais é a qualidade da projeção. Essa qualidade, por sua vez, está diretamente ligada ao dimensionamento correto do número de lumens do projetor fulldome em relação ao tamanho do domo.

Lumens: A Unidade da Iluminação

Os lumens (lm) medem a quantidade total de luz emitida por um projetor. Quanto maior o número de lumens, mais brilhante será a projeção. No entanto, mais lumens não significa necessariamente melhor qualidade de imagem.

O Equilíbrio Perfeito: Lumens e Tamanho do Domo

Em um planetário, o excesso de lumens pode resultar em imagens estouradas, cores saturadas e brilho excessivo, causando desconforto visual e prejudicando a experiência do público. Por outro lado, poucos lumens podem gerar imagens escuras e sem definição, dificultando a visualização dos detalhes e diminuindo o impacto da projeção.

Encontrar o equilíbrio ideal entre lumens e tamanho do domo é fundamental para garantir uma experiência imersiva e agradável para o público. Para isso, é preciso considerar diversos fatores, como:

  • Diâmetro do domo: Quanto maior o domo, mais lumens serão necessários para iluminá-lo uniformemente.
  • Distância entre o projetor e o domo: Projetores instalados a maiores distâncias do domo exigem mais lumens.
  • Tipo de superfície do domo: Domos brancos refletem mais luz, enquanto domos escuros exigem mais lumens.
  • Conteúdo da projeção: Imagens mais claras e coloridas exigem mais lumens do que imagens escuras ou monocromáticas.

A Urânia Soluções para Planetários: Expertise para a Escolha Ideal

Com mais de 9 anos de experiência no mercado de projeção fulldome para planetários, a Urânia Soluções para Planetários possui a expertise necessária para auxiliar na escolha do projetor ideal para o seu caso.
Nossa equipe de especialistas qualificados irá analisar as suas necessidades específicas, considerando todos os fatores mencionados anteriormente, e recomendar o projetor com o número ideal de lumens para garantir a melhor experiência de projeção para o seu público.

Além disso, a Urânia Soluções para Planetários oferece:

  • Assessoria completa: Desde a escolha do projetor ideal até a instalação e configuração do sistema.
    Produtos de alta qualidade: Melhores Projetores fulldome do mercado. Parceria forte com uma das mais renomadas marcas do mundo.
  • Suporte técnico especializado: Uma equipe de profissionais experientes à disposição para auxiliá-lo em qualquer dúvida ou problema.

Conclusão: A Luz que Transforma a Experiência com a Urânia Soluções para Planetários

Ao escolher a Urânia Soluções para Planetários como parceira, você garante que o seu planetário contará com um sistema de projeção fulldome de alta qualidade, proporcionando ao público uma experiência imersiva, inesquecível e educativa. A luz se torna, assim, um elemento crucial para transportar os visitantes a um universo de descobertas e aprendizados, despertando a fascinação pela astronomia e pelo cosmos.

Entre em contato conosco hoje mesmo e saiba mais sobre como a Urânia Soluções para Planetários pode ajudá-lo a escolher o projetor ideal para o seu planetário.

05 jul
Tecnologia

O software Shira Universe se destaca como uma ferramenta poderosa e versátil para planetários, proporcionando uma experiência imersiva, educativa e inspiradora para o público.

Suporte Técnico Especializado e Ferramentas Interativas

Entre suas principais vantagens, podemos destacar:

1. Realismo e Fidelidade Científica

  • Simulações Celestes Precizas: O Shira Universe oferece simulações celestes de alta fidelidade, baseadas em dados científicos atualizados, permitindo que os visitantes explorem o universo com realismo e precisão.
  • Modelagem Detalhada de Objetos Celestes: Planetas, estrelas, galáxias e outros objetos celestes são representados com detalhes impressionantes, proporcionando uma visão imersiva do cosmos.
  • Efeitos Visuais Imersivos: O software utiliza efeitos visuais realistas, como nebulosas, poeira espacial e flares solares, para transportar o público para dentro do universo.

2. Conteúdo Educativo e Inspirador

  • Biblioteca Extensa de Conteúdo: O Shira Universe oferece uma vasta biblioteca de conteúdo educacional, incluindo shows, apresentações e atividades interativas, que abrangem diversos temas da astronomia.
  • Personalização de Conteúdo: O software permite a criação de conteúdo personalizado, adaptado às necessidades e interesses específicos do público.
  • Ferramentas para Interação e Aprendizagem: O Shira Universe oferece ferramentas interativas que permitem que os visitantes explorem o universo de forma autônoma, aprofundando seu conhecimento e aprendizado.

3. Versatilidade e Flexibilidade

  • Compatível com Diversos Sistemas: O software Shira Universe é compatível com diversos sistemas de projeção, incluindo projetores fulldome, projetores digitais e projetores de vídeo tradicionais.
  • Integração com Outros Sistemas: O software pode ser integrado a outros sistemas de planetário, como sistemas de controle de cúpula e sistemas de som, para uma experiência completa.
  • Fácil de Usar e Personalizar: O Shira Universe possui uma interface amigável e intuitiva, permitindo que operadores de planetários de todos os níveis de experiência o utilizem com facilidade.

4. Experiência Imersiva e Envolvente

  • Projeção Fulldome: O software permite a criação de projeções fulldome imersivas, que envolvem o público em uma experiência sensorial única.
  • Efeitos de Som Realistas: O Shira Universe oferece efeitos de som realistas que complementam as projeções visuais, criando uma atmosfera envolvente e emocionante.
  • Controle de Iluminação: O software permite o controle da iluminação do domo, otimizando a experiência visual e criando diferentes efeitos atmosféricos.

5. Ferramenta para Pesquisa e Divulgação Científica

  • Visualização de Dados Científicos: O Shira Universe pode ser utilizado para visualizar dados científicos de forma imersiva e engaging, facilitando a compreensão de complexos conceitos astronômicos.
  • Ferramenta para Pesquisadores: O software pode ser utilizado por pesquisadores para realizar simulações e visualizações de seus dados, auxiliando na investigação e descoberta científica.
  • Divulgação da Astronomia: O Shira Universe é uma ferramenta poderosa para divulgar a astronomia para o público em geral, despertando a fascinação pela ciência e pelo universo.

6. Suporte Técnico Especializado

  • Equipe Experiente e Dedicada: A equipe da Shira Universe oferece suporte técnico especializado para auxiliar os usuários na instalação, configuração e utilização do software.
  • Atendimento Personalizado: O suporte técnico da Shira Universe é personalizado para atender às necessidades específicas de cada cliente.
  • Soluções Rápidas e Eficazes: A equipe da Shira Universe se compromete a fornecer soluções rápidas e eficazes para qualquer problema que os usuários possam enfrentar.

7. Ferramentas Interativas

  • Ferramenta Interativa de Tablet: O Shira Universe oferece uma ferramenta interativa de tablet que permite que os visitantes explorem o universo de forma autônoma, acessando informações sobre diversos objetos celestes e realizando atividades interativas.
  • Joystick: O software também oferece suporte para joystick, permitindo que os visitantes controlem a navegação no universo de forma mais intuitiva e divertida.

Conclusão

O software Shira Universe, com seus recursos imersivos, conteúdo extenso, versatilidade, suporte técnico especializado e ferramentas interativas, se destaca como uma escolha ideal para planetários que buscam oferecer uma experiência completa e enriquecedora para o público. Através do Shira Universe, planetários podem se tornar centros de conhecimento, inspiração e descoberta, promovendo a educação científica e despertando a fascinação pela astronomia em pessoas de todas as idades.

22 ago
Educação

Com a crescente disponibilidade de tecnologia de ponta aliada à explosão de conteúdo de qualidade nos últimos anos, o mercado de eletrônicos de consumo viu um aumento correspondente no grupo de compradores sofisticados. Com o conhecimento obtido de uma ampla variedade de fontes, esses consumidores mostraram um olhar perspicaz ao escolher sua próxima compra. Para alguns, porém, isso levou a um foco único nas especificações do produto e nos números usados ​​para expressá-las. No mercado de projetores, e também de Planetários, um número que muitos consumidores têm cada vez mais se apegado é a taxa de contraste. A base para esse fascínio pelo contraste é a ideia de que quanto maior a taxa de contraste, mais precisas serão as imagens do projetor, permitindo que os espectadores vejam mais detalhes na imagem projetada.

Contraste Full ON/Full Off (FOFO) e Contraste ANSI

Antes de entrar no debate sobre a adequação da taxa de contraste, devemos primeiro ajudar a definir os dois tipos de taxas de contraste consideradas relevantes para projetores: contraste Full-On e Full-Off (FOFO) e contraste ANSI.

Taxa de Contraste Full ON/Full Off (FOFO)

O contraste FOFO é simplesmente a relação entre o brilho de uma imagem refletida em branco sólido de um projetor e o brilho de uma imagem refletida em preto sólido do mesmo projetor. Por exemplo, um projetor com taxa de contraste FOFO de 2.000:1 significa que a imagem em branco sólido é 2.000 vezes mais brilhante que a imagem em preto sólido.

Contraste ANSI

O contraste ANSI mede o contraste de uma maneira diferente, ele usa um padrão quadriculado de oito quadrados brancos e oito pretos e mede a relação entre o brilho médio dos quadrados brancos e o brilho médio dos quadrados pretos. O princípio por trás do contraste ANSI é que o público quase nunca visualiza imagens em preto sólido ou branco sólido (como nas imagens usadas para medir o contraste FOFO); em vez disso, eles visualizam imagens com inúmeras gradações de brilho no quadro. Em tais circunstâncias, a luz das seções mais claras da imagem sem dúvida se mistura e combina com as seções escuras da imagem. O contraste ANSI, portanto, tenta expressar essa realidade com o uso simultâneo de caixas brancas e pretas.

Por que alguns fabricantes de projetores listam 1.500.000:1 enquanto outros dizem 3.000:1?

E se disséssemos que um projetor com uma proporção anunciada de 3.000 : 1 tem melhor contraste do que o projetor com uma proporção listada de 1.500.000 : 1? Você provavelmente diria algo como: “Isso não faz sentido 1.500.000 é 500 vezes maior que 3.000. Como o projetor com menor taxa de contraste poderia ser melhor?”

Enquanto ambos estão usando medições Full on/ Full off, o fabricante com o maior número está usando o contraste dinâmico, enquanto o fabricante com o menor número está usando o contraste nativo.

O contraste dinâmico é uma proporção muito exagerada que de forma alguma reflete a aparência da imagem quando você assiste ao conteúdo real. O contraste nativo, por outro lado, é uma medida muito mais útil e realista, mais próxima do que você experimentaria.

Normalmente, quando um fabricante anuncia o contraste nativo, é uma sutil exibição mostrando o quão bom seria o contraste quando você o usasse. É por isso que em um projetor com contraste incrível como o JVC NZ7 você verá uma taxa de contraste anunciada de 40.000:1. Para se ter uma ideia de como isso é insano, um projetor de home theater com contraste de 3.000:1 é considerado muito bom.

Em termos de números reais, as taxas de contraste FOFO para projetores tendem a flutuar em torno de milhares para um, enquanto as taxas de contraste ANSI tendem a estar na casa das centenas para um. Dada a tendência do consumidor médio de equiparar números mais altos a “melhores”, a maioria das marcas favorece o uso da taxa de contraste FOFO em suas especificações.

As taxas de alto contraste são enganosas?

Por causa das pressões do mercado descritas no parágrafo de abertura, as marcas sentiram cada vez mais a necessidade de buscar especificações mais atraentes para seus projetores. Como resultado, muitas marcas usam taxas de contraste dinâmicas para promover seus projetores, porque esses números tendem a ser drasticamente maiores do que as taxas de contraste FOFO nativas e taxas de contraste ANSI. Mas, novamente, essas taxas são enganosas no sentido de que, em uma configuração normal, o consumidor médio provavelmente não usará os recursos nos quais os números da taxa de contraste dinâmico são construídos enquanto assiste a vídeos com seu projetor.

Tendo em mente tudo o que foi descrito acima, qual é a taxa de contraste ideal para se esperar em um projetor?

Nossa resposta a esta pergunta não é tão simples, sugerimos que você não fique preso nas especificações. Para projetores, as taxas de contraste contam apenas um lado da história e o que ela conta pode não ser totalmente preciso. Para produzir o tipo de imagens nítidas que os consumidores experientes procuram, um projetor não só precisa ter um bom contraste, mas também precisa complementar esse contraste com desempenho de cor e brilho ideal. O foco apenas na taxa de contraste é uma aposta unidimensional. Apenas os projetores que foram calibrados profissionalmente para reproduzir com autenticidade todo o espectro de cores podem atingir o detalhamento necessário para proporcionar ao espectador uma experiência visual completa.

Opinião Urânia Planetário

Para não ficarmos sem entregar nossa opinião. Indicamos analisar apenas as taxas de contraste FOFO ou ANSI. Como atualmente as fabricantes praticamente retiraram os dados de taxas ANSI de suas especificações técnicas, a melhor opção de análise seria a Taxa de contraste FOFO. Ainda assim fique atento para analisar os dados de marcas renomadas, com alto nível de satisfação de seus clientes, pois mesmo com todos os cuidados, estes números podem ser inflados!

Referência

Adquira já seu projetor com quem entende do assunto

Estamos no mercado há anos e prontos para atender suas necessidades

Deixe seu WhatsApp abaixo e logo entraremos em contato!